Entenda a importância do projeto arquitetônico para sua residência

Antes de construir suas residências, algumas pessoas optam por não solicitar o projeto arquitetônico de sua casa, supondo que, fazer isso vai gerar economias no orçamento.


Entretanto, essa decisão, pode, na verdade, causar ainda mais gastos, já que o projeto arquitetônico prevê problemas que podem ocorrer na estrutura e desenvolve o planejamento a fim de evitá-los, evitando custos desnecessários e que deixariam a obra ainda mais cara.


Entenda mais sobre o projeto arquitetônico e os projetos complementares e seu papel na construção de uma casa.

O projeto arquitetônico é um conjunto de desenhos e informações sobre uma obra, que servirão de base para os profissionais atuantes na construção do empreendimento, seja uma residência, um edifício, um escritório, etc.


Esse projeto é realizado por um escritório de arquitetura ou por um único arquiteto, em conjunto com engenheiros, para elaborar os projetos complementares, que se destinam aos planejamentos estrutural, elétrico e hidráulico de uma obra.


No caso de uma residência, o projeto arquitetônico, juntamente com os complementares, são muito importantes para uma construção eficiente, pois, além de prever erros que podem prejudicar a estrutura do imóvel, ainda elaboram recursos personalizados, que se adequam ao gosto do cliente, sempre visando o conforto e as necessidades do mesmo.


As vantagens de contratar um projeto arquitetônico


Contratar um projeto arquitetônico e complementares oferecem muitas vantagens para a construção da sua residência. Confira algumas delas abaixo.


Segurança


A segurança é o principal benefício do projeto arquitetônico. Isso porque os arquitetos aplicam sua visão profissional em cada projeto, evitando problemas estruturais na obras que podem se tornar dores de cabeça futuramente, caso não sejam identificadas e solucionadas com antecedência.


Além disso, caso aconteça algum imprevisto após a construção na estrutura da residência, o profissional responsável pode ser acionado para a resolução do problema.


Custo-benefício


Muitas pessoas pensam que contratar uma equipe de arquitetura deixa a obra mais cara, e não é isso que acontece.


A utilização do projeto arquitetônico gera um custo-benefício positivo, já que o arquiteto ou os arquitetos responsáveis saberão utilizar o orçamento disponibilizado pelo cliente sem ultrapassá-lo, além de possuírem capacidade para aproveitar da melhor maneira os recursos disponíveis, buscando formas eficientes de reduzir gastos e manter a qualidade da construção.


Conforto


Conforto é um dos pontos que o cliente mais preza, e por isso é um dos focos do projeto arquitetônico.


Dessa forma, o projeto da obra, principalmente no caso de uma residência, é pensado para o conforto de seus moradores, buscando mais qualidade de vida e também mais acessibilidade e funcionalidade para os mesmos.


Além disso, o arquiteto vai adequar a construção às preferências do cliente, projetando acessos práticos aos cômodos, ambientes agradáveis para dar mais conforto e tudo mais para facilitar as atividades do dia a dia.

Estética e beleza

A estética e beleza são fundamentais em um imóvel, já que contribuem para os moradores viverem melhor. Esses quesitos são muito pensados pelo arquiteto também.


Um projeto arquitetônico define como a residência ficará mais bela interna e externamente, sempre se adequando ao perfil dos seus moradores, e permitindo que eles tenham mais prazer em viver em um lugar que admiram.


É muito importante pensar também que um imóvel esteticamente pensado, é muito mais valorizado até mesmo caso for vendido.


Dentro desses diversos benefícios, é possível observar que o projeto arquitetônico une o funcional ao belo, para moldar uma residência ideal para se viver.


Projetos complementares


Para que tudo dentro da sua residência funcione da melhor forma e possa atender a todas as suas necessidades, o projeto arquitetônico deve ser feito em auxílio com os projetos complementares.


Os projetos complementares são desenvolvidos por engenheiros especialistas em cada área, unindo-se ao projeto arquitetônico para, assim, dar resultado final à obra, com todas a suas especificações, como instalações elétricas, distribuição de água, etc.


Os projetos são planejados e dimensionados de acordo com as necessidades dos clientes e desenvolvidos de acordo com a estrutura da obra. Veja alguns dos projetos complementares e como são aplicados.


Estrutural: estruturas de concreto armado, metálica, madeira, pré-moldados de concreto, fundações e arrimos.


Elétrico: sistemas de energia, circuitos, pontos elétricos, cargas, instalações elétricas, fiação, potências, correntes, aterramentos.


Hidráulicos: sistemas de aquecimento de água, reservatórios, captação de água pluvial, abastecimento, instalações hidro-sanitárias, esgotos, gás.


Segurança contra incêndios: extintores, detector de gás e calor por alarme, hidrantes, portas corta-fogo.


O conjunto de todos esses projetos são positivos para a construção de uma residência, para que você e sua família possam morar com segurança e se sentirem à vontade no próprio lar, sem se preocuparem com gastos desnecessários advindos da falta de planejamento.


Fontes:

Entenda Antes

Casa Projeto e Estilo

Base Jr.